Aliexpress-Cupom
6 dicas para identificar se um site é seguro
Photo by Taras Shypka on Unsplash

Assim como nem tudo que brilha é ouro, tudo o que se encontra na internet não é confiável. Mas será que você sabe identificar quando algo na internet é confiável ou não?

Aprender a usar a internet de  forma segura é  uma necessidade obrigatória nos dias de hoje.

Afinal, a internet não é mais como a internet dos anos 2000, onde era apenas utilizada na maior parte para oferecer entretenimento.

Hoje isso é totalmente diferente tendo em vista que muitos negócios são realizados pela internet. 

Para você ter uma ideia só no Brasil, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm) estima que o e-commerce movimenta mais de R$ 89,8 bilhões e isso só tende a crescer. Talvez este número esteja extremamente maior quando você estiver lendo esta postagem.

Por isso, ter um site seguro se tornou um dos maiores objetivos das empresas e reconhecer estas características passou a ser uma necessidade de quem é usuário de internet e a utiliza para fazer compras e negócios.

O problema é que em muitos casos (podemos considerar grande parte das pessoas que utilizam a internet) por mais cuidados que as empresas tomem, os clientes acabam sendo pouco cuidadosos e se arriscando em ambientes nada confiáveis.

Nem sempre isso ocorre por causa de uma má intenção, mas porque muitos indivíduos estão tendo o seu primeiro contato com o mundo digital agora.

Apesar disso, existem muitos sinais que indicam que um site é seguro.

Conhecê-los é fundamental para evitar prejuízos. Se você quer entender mais sobre esse tema, continue lendo este material.

1.Verifique se existe o certificado SSL

Apesar de não ser a única característica de um site seguro o certificado SSL pode ser considerado a primeira maneira de verificar se um site é seguro.

Se você observar a barra de endereços do seu navegador agora, verá que existe um pequeno cadeado antes do endereço do nosso blog.

Clicando em cima dele, aparecerá uma mensagem informando que “a conexão com este site é segura”, dependendo do seu navegador, é claro.

Ok, mas o que isso quer dizer? Isso significa que a conexão entre seu computador/smartphone e o servidor do site que você está acessando é criptografado.

Esta criptografia por sua vez garante que a comunicação entre você e o site não seja decifrada (interceptada).

Vamos imaginar o seguinte cenário: Você entra em um site de compras e informa seus dados pessoais em um formulário do site.

Sem a certificação SSL, suas informações poderiam ser copiadas por ação de um hacker.

Além do cadeado, uma outra forma de você identificar essa proteção é pela letra “s” ao final da sigla http que aparece em todos os sites da internet.

Portanto, verificar se o site possui certificado digital SSL é o primeiro passo para saber se um site é seguro.

Inclusive ter certificado SSL é considerado pelo Google na hora de ranquear os sites no momento que você faz uma busca.

2.Use ferramentas de segurança para avaliar o site

Uma forma de identificar sites inseguros é instalando ferramentas que monitorem a segurança dos sites como softwares antivírus e softwares que realizem análise de sites apresentados em buscas.

A maioria das empresas de segurança digital desenvolvem sistemas que mostram ao usuário quando um site é seguro.

Em alguns casos, essas ferramentas impedem a navegação alertando o usuário quando não existe um certificado de segurança no site acessado — ou quando esse certificado já está vencido.

Outras empresas permitem que o internauta avalie o site e decida se a navegação será ou não continuada.

Em geral estes softwares costumam ser instalados automaticamente junto ao antivírus, como plugins adicionais integrados ao navegador de internet.

Uma ferramenta muito interessante que vai lhe ajudar a identificar se um site é seguro é o site: https://transparencyreport.google.com/ chamado de Navegação Segura do Google.

Ao acessar este site você poderá digitar o endereço do site que deseja acessar e o Google com base em um banco de dados vai lhe indicar se o site apresenta algum conteúdo malicioso ou não.

3.Verifique a URL do site

Os cibe criminosos sabendo que muitos usuários não prestam muita atenção em detalhes durante a navegação, se aproveitam para aplicar golpes usando URLs (endereço do site) parecidos com endereços oficiais.

Portanto, é importante ficar atento ao endereço do site verificando se existe alguma letra faltando, algum erro de digitação ou, em alguns casos, erros graves de gramática.

Detectando algumas destas falhas, estamos diante de sinais claros de que o site não é seguro — tratando-se de uma provável tentativa de golpe.

Em alguns casos, os endereços falsos substituem caracteres:

Por exemplo: trocando o “o” por um zero pode ser uma forma utilizada pelos hackers.  Para quem está com pressa, o site gl0b0.com.br pode ser algo que nem chame atenção.

4.Desconfie de selos de segurança

A certificação de alguns sites com selos de segurança é possível (principalmente de e-commerce), no entanto, é necessário ficar atento se os selos são autênticos.

Afinal, não é difícil criar um selo falso em programas de edição e inseri-lo nas páginas.

Para verificar a autenticidade destes selos uma maneira bem eficiente é clicando sobre os selos e verificar se redireciona para o site da empresa certificadora onde possa obter mais detalhes.

Imagens de selo que não levam a lugar nenhum significam que este selo tem grandes indícios de ser um selo falso. Se você estiver em um site de e-commerce por exemplo já deve ficar em dúvida. 

Você ainda pode buscar pelo selo no Google, verificando se aquela certificação realmente existe. Lembre-se: Esse cuidado é fundamental em sites de compras.

5.Descubra quem é o dono do site

Descobrir o nome do dono do site pode não ser necessário para tudo que acessamos na internet, no entanto, quando se tratar de operações importantes pode ser muito interessante está verificação. 

Para saber a informação referente a quem é o dono de um site na internet é bem simples. Empresas como a Registro BR permitem que você pesquise, no campo Whois, a propriedade de um site.

Por lei, os dados de uma empresa são de interesse público, então o endereço, CNPJ e telefone que você ver no Registro BR podem ser checados no site da Receita Federal.

6.Site abusa na prática spams

Sites que possuam muitos Banners e Pop-ups ou que redirecionam você para outras páginas sem seu consentimento é em geral páginas nocivas e que com certeza podem roubar informações durante a navegação. 

Fique super atento se no site em que você está acessando possuem banners piscando incessantemente, promessas exageradas ou preços de produtos muito baixos, isso tudo são indicativos clássicos de que o site, e-mail ou publicidade não é seguro.

Apesar de parecerem práticas dos anos 90 e 2000, ainda existem pessoas que ignoram características e confiam em sites que usam desses artifícios.

Em geral esse tipo de prática é muito realizado por sites de downloads de filmes e músicas na internet, utilizados de forma maliciosa. 

É fato que as empresas de tecnologia estão investindo em segurança, cabendo apenas aos usuários também fazerem a sua parte em relação à navegação.

É sempre importante ter em mente que um site seguro é muito importante, mas a navegação segura também é, e espero ter lhe ajudado a entender melhor como não cair em armadilhas na internet tendo um comportamento mais cuidadoso.

Seja um afiliado GearBest e Ganhe Dinheiro em Casa
Ofertas de Livros da Amazon

Sobre o Autor

Edson Pessoa
Edson Pessoa

Olá! Eu sou Edson Pessoa, Sou profissional de tecnologia, marketing digital e empreendedor digital. Sou apreciador de produtos de tecnologia em geral e adoro trazer dicas que tenham poder de mudar sua vida de alguma forma.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Conteúdo protegido! Entre em contato para obter autorização de republicação com indicação da fonte.