Aliexpress-Cupom
Como Ganhar dinheiro como Freelancer
Imagem de SnapwireSnaps por Pixabay

Já pensou em ter uma renda extra no fim do mês prestando alguns serviços no conforto do seu lar como Freelancer?

Nesta postagem eu vou compartilhar com você 7 sites para você conseguir fechar alguns trabalhos remotos. 

E o interessante de tudo é que vários profissionais em diversos ramos de atuação podem exercer sua atividade como freelancer.

Entre elas posso citar: marketing, design, redação, jornalismo, publicidade, medias sociais, desenvolvedor/programador, contabilidade, administração, organização de eventos entre várias outras.

Trabalhar como Freelancer poderá ser sua atividade principal, onde você vai se dedicar integralmente a buscando oportunidades de trabalhos  ou pegar trabalhos temporários e que exigem apenas algumas horas de dedicação diária, muitas vezes podendo conciliar com um trabalho fixo.

Portanto,  É uma forma ótima de ganhar um dinheiro extra extra enquanto você está no em casa, por exemplo.

Agora é fato que nem tudo é flores na profissão de Freelancer.

Ser um profissional freelancer requer muita disciplina, profissionalismo e dedicação ao trabalho.

Ser Freelancer é uma ótima forma de empreender, pois é possível abrir uma MEI para atender melhor seus clientes e emitir nota fiscal.

Vamos então entender um pouco mais sobre o que é um Freelancer e quais são as 7 melhores plataformas para ganhar dinheiro com esta atividade? 

Quanto ganha um freelancer?

Esta é uma dúvida bastante comum pelas pessoas que querem trabalhar como um Freelancer.

E a resposta é: Depende.

Um profissional que trabalhe como Freelancer vai ter sua média de ganhos baseado em sua experiencia e reconhecimento no serviço que oferece e no tamanho dos projetos que o mesmo esta atuando.

Mas, algo que pode ter ajudar bastante a saber qual será sua média de ganhos mensais trabalhando como Freelancer é precificar o seu trabalho.

É fato que para quem esta começando com este tipo de trabalho seja um pouco difícil, para este caso uma boa conversa com colegas da área ou mesmo profissionais que já atuem na área pode te ajudar a ter uma ideia de preço.

Outra dica seria buscar dentro das plataformas  projetos similares ao seu para ter uma base de preço de outros profissionais no mesmo segmento que o seu dentro das plataformas.

Se você percebe que o valor que o cliente está disposto a te pagar está muito abaixo do mercado, uma maneira de conseguir ganhar esse cliente sem menosprezar o seu trabalho é negociar outra variável do projeto, como o prazo por exemplo.

Por ultimo eu gostaria de deixar um link de um E-book que é um Guia de Precificação, da Carolina Machado. O E-book é focado em Freelancers que atuam diretamente com o trabalho de revisão de textos, no entanto, as técnicas e estratégias que ela ensina se aplica a qualquer área.

Também indico para quem quer investir nesta carreira um curso super barato chamado: A arte do Home Office – A arte de ganhar dinheiro.

Vale a pena ser freelancer?

Trabalho Freelancer
Photo by Paige Cody on Unsplash

Bom! Esta pergunta é bem difícil de responder e com certeza precisa de uma alto avaliação de quem quer seguir esta carreira.

E como qualquer coisa na vida isso vai depende muito dos seus objetivos e do seu momento.

Alguns podem achar que no longo prazo, não compensa.

Outros acham que vale mais a pena  investir esse tempo trabalhando como freelancer na empresa que  já trabalha, ou mesmo, estudando e se qualificando para poder aumentar o seu salário naturalmente.

Agora ao meu ver eu acho o seguinte:

Trabalhar de forma independente que é o caso dos Freelancers, traz a liberdade de realizar as tarefas do seu jeito, sem nenhum chefe pra te forçar a executar a atividade da forma como ele quer.

Principalmente quando você trabalha remoto, via internet.

Portanto, eu entendo que mesmo que não se dedique de forma integral, que ao menos comece dedicando apenas algumas horas por dia, mantendo o seu trabalho atual.

Só assim você vai conseguir avaliar se trabalhar como Freelancer é para você.

Ao ao meu ver, é acho valido o esforço para conseguir se manter trabalhando como Freelancer ou mesmo tentar ter seu próprio negocio digital.

Neste caso eu vejo mais vantagem que desvantagem. Mas daí, vai de cada um.

Inclusive queria aproveitar o gancho para indicar pra você que não necessariamente quer trabalhar como Freelancer mais quer ter seu próprio negocio online o curso do Alex Vargas “Fórmula  do Negócio Online.” 

O Curso “Fórmula do Negócio Online” é uma ótima oportunidade para quem não se identifica muito com as plataformas que vou falar logo abaixo mais quer ter seu trabalho em casa com bons ganhos mensais.

Agora que já abordamos alguns detalhes sobre o que é um Freelancer vamos agora saber quais as maiores plataformas para estes profissionais ganharem dinheiro?

Vamos lá então!

1. 99 freelas

A primeira plataforma que gostaria de indicar é o site 99Freelas. O 99Freelas é uma das maiores plataformas com oportunidades para profissionais de diversas áreas.

A maior parte dos trabalhos são para programador, redator, designer, desenhista, editor e tradutor, mas também existem tarefas para outras áreas, vale dar uma olhada com calma.

Para usar o site é necessário realizar o cadastro e sempre ficar atento as oportunidades, o site também  oferece o serviço de  perfil Premium, que é pago, onde recebe as vagas primeiro e ganha um certo destaque perante os demais usuários.

O site funciona da seguinte forma: você cobra o preço que achar mais justo pra você. Se fechar negócio, o site fica com 10% do valor total cobrado pelo seu serviço.

2. Crowd

A Crowd oferece serviços freelancer em áreas como fotografia, redação, tradução, planejamento, design, áudio e vídeo, conteúdo, tecnologia e performance.

O legal dessa plataforma é que somente empresas com CNPJ podem realizar a contratação dos serviços Freelancers, e as empresas pagam para ter o cadastro na plataforma.

Portanto,  isso aumenta um pouco a credibilidade do sistema, porque a partir disso você imagina que as empresas irão realmente querer contratar alguém pelo portfólio e não apenas pelo preço.

Então, ao abrirem uma vaga, são as empresas que analisam os “currículos” dos candidatos e entram em contato para fazer um orçamento. 

3. UpWork

O site do UpWork é mais uma opção para quem quer receber trabalhos freelancers, no entanto, é necessário dominar o inglês.

Isso tem a parte boa que o recebimento em dólar!

A plataforma oferece trabalhos em diversos seguimentos como: desenvolvimento web, mobile e software; design e criatividade; suporte administrativo; TI; escrita; vendas e marketing; tradução; engenharia e arquitetura; jurídico; entre outros.

Uma informação importante é que nos primeiros 500 dólares você paga para o site uma taxa de 20% do que recebe.

4. Freelancer.com

O site Freelancer.com é internacional e muito conhecido, mas possui uma versão disponível totalmente em português.

A Plataforma tem dois pontos negativos, o primeiro é que, na versão gratuita, você pode concorrer apenas 8 trabalhos freelancer por mês,segundo que por ser uma plataforma mundial a concorrência é gigantesca. 

No Freelancers.com é descontado 10% de cada projeto feito pela plataforma.

Apesar de ter dois pontos negativos bem pontuais não custa dar uma espiada pra conferir se para o seu você vale a pena.

5. GetNinjas

O Getninjas  é um site  nacional e tem uma diferença bem peculiar em relação as outras plataformas para Freelancers.

Na GetNinjas você não paga uma porcentagem do que recebe pelos trabalhos fechados, mas sim uma pequena mensalidade para fazer parte dos cadastro deles.

A  plataforma também  é bem maior do que os outros sites mais conhecidos, abrangendo os já clássicos serviços de comunicação e TI, mas também serviços de reformas, aulas, saúde, serviços domésticos, e uma gama gigante de outros serviços.

6. Fiverr

O Fiverr é uma plataforma que é conhecida por trabalhos Freelas mais rápidos, e os valores do serviços começam a partir de U$5 Dólares.

O cadastro é bem simples e apenas é necessário realizar um cadastro e criação de uma apresentação informando os tipos de trabalho que é feito.

O problema do Fiverr é que para quem esta iniciando como Freelancer precisa cobrar preços bem baixos, uma vez que você ainda não tem reputação na plataforma.

7. Workana

Workana é um site super conhecido para a contratação de serviços Freelancer.

O Workana disponibiliza cadastro gratuito, embora tenha o plano Premium disponível para quem quer ter destaque na plataforma. 

O site é bem simples de navegar e tem algumas ferramentas como de controle de fluxo de trabalho para seus usuários.

Espero que tenha ajudado a você que esta decidindo seguir em frente com uma carreira freelancer, então faz uma visitinha a cada site e comece essa sua jornada empreendedora. 

 

Seja um afiliado GearBest e Ganhe Dinheiro em Casa
Ofertas de Livros na Amazon

Sobre o Autor

Edson Pessoa
Edson Pessoa

Olá! Eu sou Edson Pessoa, Sou profissional de tecnologia, marketing digital e empreendedor digital. Sou apreciador de produtos de tecnologia em geral e adoro trazer dicas que tenham poder de mudar sua vida de alguma forma.

0 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site utiliza Cookies e Tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência. Ao utilizar nosso site você concorda que está de acordo com a nossa Política de Privacidade.

Conteúdo protegido! Entre em contato para obter autorização de republicação com indicação da fonte.