...

Você já ouviu falar em autorregulação de e-mail marketing? Entenda como funciona.

por Edson Pessoa
114 Visualizações

e mail marketing

Você já ouviu falar em  autorregulamentação de e-mail marketing?

Isso mesmo!

A regulamentação existe de verdade, e segui-la a risca vai melhorar a qualidade de suas entregas e os resultados desejados em sua campanha.

O código de autorregulação de e-mail marketing é direcionado  as pessoas envolvidas nos envios, recebimentos e nas melhores praticas na construção e envios de e-mails marketing.

O código de autorregulação foi elaborado por instituições como a ABRANET (Associação Brasileira dos Provedores de Internet), a ABEMD (Associação Brasileira de Marketing de Dados) e a ABRADI (Associação Brasileira das Agências Digitais), que visa definir o uso responsável, ética e pertinente da ferramenta de e-mail marketing.

Neste blog post iremos conhecer como funciona e qual o objetivo do código, quais as diretrizes incluídas , como se adequar a elas e qual a importância de segui-las e de que forma impacta no seu negócio on-line.

Também darei algumas dicas sobre leis anti-spam e como melhorar sua estratégia de e-mail marketing

Confira Agora!

 

Nitronews

 

O que é o código de autorregulação do e-mail marketing?

O código de autorregulação como já falamos anteriormente tem como objetivo principal regular as boas práticas da ferramenta para todos os envolvidos nos disparos e recebimentos de mensagens eletrônicas, como parte de uma estratégia de marketing.

Para os fins do código, é necessário que você considere questões como:

  • ambiente online: que mais é que o local na internet identificado por um domínio e que contenham diversas informações, como textos e imagens;
  • assunto: informação que está no campo do título do e-mail, denominada “Assunto”;
  • destinatários: Pessoas que mantem relacionamento com o seu negócio, seja online ou fisicamente.
  • código malicioso: refere-se a possíveis ações maliciosas no computador, como vírus, bots e worms;
  • e-mail marketing: mensagem enviada ou recebida na internet, com o objetivo de realizar divulgação ou promoção de produtos ou serviços.
  • empresa de e-mail marketing: pessoa jurídica, responsável por fornecer uma plataforma para a gestão das campanhas de e-mail marketing na internet;
  • nome de domínio: o seu objetivo é localizar e identificar de forma correta os sites na internet;
  • nome de domínio próprio: registrado pelo remetente do e-mail marketing, de acordo com os procedimentos legais da internet e por órgão gestor competente;
  • opt-in: autorização concedida pelo destinatário mediante confirmação, a fim de que o remetente possua autorização para manter contato e possa enviar e-mails a ele;
  • opt-out: disponibilizar opção de destinatário do e-mail possa se descadastrar a qualquer momento e parar de receber e-mails;
  • parceira: pessoa física ou jurídica que contrata uma empresa para executar ações de e-mail marketing;
  • provedor: empresa que presta serviços de conexão à internet, hospedagem de sites, e-mails entre outros serviços.
  • remetente: pessoa física ou jurídica que é apresentada ao destinatário ao disparar uma mensagem;
  • soft-opt-in: se refere ao disparo de mensagens sem opt-in, mas por comprovada relação social e comercial entre as duas partes.

 

Nitronews

 

Por que seguir as orientações do código de auto regulação de e-mail marketing?

Seguir as normas e técnicas propostas no Código de Autorregulamentação para a prática de e-mail marketing (CAPEM) lhe garante o correto uso da ferramenta e que a atividade seja feita de forma totalmente eficaz e profissional.

Há tempos atrás, não existia uma diferenciação clara entre SPAM e e-mail marketing.

O código então chega para criar uma separação em relação àquilo que é um e-mail marketing feito de forma ética e correta e um SPAM.

Trata-se, portanto, de uma regra — ainda que não prevista na legislação — para todos aqueles que prezam pelos bons valores e pela ética na internet.

 

Quais as normas incluídas no código de auto regulação de e-mail marketing?

Para entender de forma abrangente o código de autorregulação é necessário fazer a leitura do código de forma integral, porém, vou destacar 5 passos que considero cruciais e importantes para serem seguidos em relação as boas praticas de e-mail marketing.

1- Para quem preciso e posso enviar e-mails de marketing?

O código determina que as bases devem sempre ser opt-in ou soft opt-in — isto significa, que os destinatários tenham solicitado o recebimento das mensagens que são enviadas (opt in) ou deverá ter uma relação social ou comercial prévia e comprovada com o destinatário — ou seja, soft opt-in.

Caso esteja trabalhando campanhas de e-mail marketing para um grupo de pessoas que não estão enquadradas nas situações descritas acima, será necessário se adequar.

O ideal mesmo é realizar uma ação para que os destinatários confirmem o desejo de continuar recebendo suas mensagens.

2- Adote uma politica de privacidade para informar sobre como são utilizadas as informações dos cadastrados em minha lista de e-mail?

É indispensável que sua empresa ou seu site disponibilize a “política de privacidade de uso de dados e informações”, que é adotada com os usuários e os clientes em geral. Essa situação é muito importante para que seus leads saibam a forma e em quais situações a empresas utilizará os dados e as informações delas.

3- Disponibilize opção para usuários de sua lista de e-mails se descadastrarem (opt-out)

Uma das grandes questões do código é sobre a inclusão em seus e-mails marketing de formas que facilitem o descadastramento dos usuários de sua lista de -mail.

Caso não tenha como disponibilizar o descadastramento automático para que as pessoas de sua lista possam solicitar este descadastramento de sua base de dados, coloque informações no próprio e-mail marketing disponibilizando telefone, SMS, carta, site por exemplo (sem ter nenhum link, apenas o texto informando) onde as pessoas de sua lista possam solicitar o descadastramento da base sem problemas.

4. Sempre utilize endereços de e-mail do remetente que sejam de seu provedor

Utilize somente endereços que sejam do seu próprio domínio (como seunome@nomedaempresa.com.br).

Fique ciente que é totalmente proibido utilizar domínio de terceiros que não sejam do mesmo grupo econômico, conforme o próprio código.

Caso você ainda não conte com um domínio próprio, seja de pessoa física (exemplo: fulano.com.br) ou pessoa jurídica, é necessário providenciar quanto antes.

Vale ressaltar que você pode contratar um domínio e usufruir dos seus benefícios, mesmo sem necessariamente contar com um site ou um blog.

Inclusive se você precisa de um domínio ou hospedar o seu site/blog de forma segura e confiável indico a Hostinger, que inclusive é a empresa que hospeda o site aqui do PessoaTech.

Vamos então ao ultimo passo importante?

5 – Não compre lista de e-mails. De verdade!

No código é consta claramente que é expressamente proibido comprar listas de e-mails.

Como já vimos o envio só poderá ser feito, apenas e exclusivamente através do opt-in (autorização concedida pelo destinatário mediante confirmação) ou soft-opt-in (por meio de prévia e comprovada relação social e comercial entre as partes).

O código estabelece que existe permissão para que uma empresa faça envios para alguns parceiros específicos, enviando e-mails para a sua base de destinatários, contanto que seja observados os seguinte pontos:

  • A base possui opt-in expresso e comprove o envio de e-mails para terceiros;
  • O endereço do remetente é o mesmo que a pessoa jurídica ou física possui relação;
  • A mensagem possui opções para as pessoas da listas se descadastrarem a qualquer momento;
  • O endereço do remetente esta válido.

Conclusão:

Bom! Com este blog post foi possível entender um pouco como funciona as boas praticas de e-mail marketing não é mesmo?

Se você quer uma ferramenta para trabalhar o e-mail marketing existem várias opções no mercado como o: o E-goi, Leadlovers, LeadPages (site em inglês), Rd Station entre outros.

As ferramentas que citamos são as mais conhecidas do mercado, porém gostaria de destacar a ferramenta do E-goi, não que eu esteja puxando a sardinha para alguma ferramenta mais por que é uma solução de marketing digital bem completa e que inclui ferramentas para captação de leads como: formulários, landing pages…etc), possui também canais de comunicação integrados, e-mail marketing, sms marketing, push mobile e web pushcom.

Se você trabalha com e-commerce ou possui uma loja virtual estas empresas possuem automação e tracking de e-commerce que faz a recuperação de carrinhos abandonados, acompanhamento de seus leads e comunicação em tempo real com sua lista de e-mail.

 

 

Nitronews

Você também poderá gostar de:

Deixe um comentário

Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Caso você esteja de acordo com isso clique em "ACEITAR". Lembre-se que segundo as Leis RGPD e LGPD você poderá cancelar seu consentimento a qualquer momento. ACEITAR CONSULTE NOSSA POLITICA DE PRIVACIDADE