...

Smart Contracts – Entenda agora o que são os contratos inteligentes

Entenda o que é um contrato inteligente (Smart Contract), porque eles são importantes e como funcionam.

por Edson Pessoa
50 Visualizações

O que é um Smart Contratcts

Assim como qualquer outro tipo de contrato, os contratos inteligentes ou smart contracts negociam os termos de um acordo de negócio entre duas partes. 

Porém, o que torna faz deste tipo de contrato “inteligente” é o fato de todo o processo contratual ser realizada de forma automatizada dentro de uma blockchain em vez de ser através de um documento em papel em um escritório de advocacia.

Os contratos inteligentes surgiram com base na ideia de enviar e receber dinheiro sem a necessidade de um intermediário. como um banco por exemplo. 

Os contratos inteligentes também proporcionam confiabilidade e acessibilidade de qualquer lugar do mundo tendo em vista que são executados dentro de uma blockchain.

Por que os contratos inteligentes são importantes?

Os contratos inteligentes proporcionam aos desenvolvedores a possibilidade de criar uma grande gama de aplicações descentralizadas e a criação de tokens.

Os contratos inteligentes são utilizados em diversos projetos que envolvem ferramentas financeiras, projetos de logística e em jogos.

Todas as informações como já falei anteriormente são incluídas em uma blockchain totalmente segura.

Em geral quando uma aplicação de contrato inteligente é inserida em um blockchain, em geral, não pode ser revertida ou alterada (apesar de existirem algumas poucas restrições). 

As aplicações que funcionam através de contratos inteligentes também são chamadas de “aplicações descentralizadas” ou “dapps” e incluem tecnologia Defi que tem como objetivo transformar a indústria bancária.

A integração com tecnologia Defi junto aos contratos inteligentes é possível realizar transações financeiras seguras que envolvem empréstimos, poupança, seguros e outros serviços sem que exista uma instituição financeira para intermediar este processo. 

Outro fator de destaque dos contratos inteligentes que atuam com tecnologia Defi é que tudo pode ser realizado a partir de qualquer lugar do mundo com acesso a rede mundial de computadores. 

Entre algumas das aplicações baseadas em contratos inteligentes temos:

Uniswap: Um tipo de câmbio descentralizado que permite através de um contrato inteligente realizar transações com alguns tipos de criptomoeda sem que uma autoridade central defina taxas de câmbio.

Compound: Plataforma que utiliza os contratos inteligentes para permitir que os investidores ganhem juros e obtenham empréstimos sem precisar recorrer aos tradicionais bancos. 

USDC: Criptomoeda vinculada através de um contrato inteligente ao USD (Dólar), o que faz com que um USDC fique valendo um USD (Dólar). O USDC é uma criptomoeda que faz parte de uma categoria de dinheiro digital chamada Stable Coin. 

Como funcionam os contratos inteligentes?

Como já pudemos entender os contratos inteligentes eles negociam termos entre duas partes e tudo isso de forma automatizada dentro de uma estrutura conhecida como blockchain.

Atualmente a rede da Ethereum é uma plataforma de contratos inteligentes mais popular, no entanto, temos outros blockchains que estão se popularizando como os da EOS, Neo, Tezos, Tron, Polkadot e Algorand.

Um contrato inteligente pode ser criado e implementando em um blockchain por qualquer pessoa.

O respectivo código é transparente e publicamente verificável, o que significa que as partes envolvidas podem consultar qual lógica está sendo utilizada por um determinado contrato inteligente. 

Como funcionam?

  • Os contratos inteligentes podem ser escritos em diversas linguagens de programação como por exemplo: Solidity, Web Assembly e Michelson. Na rede Ethereum, o código de cada contrato inteligente é armazenado no blockchain, permitindo a qualquer parte interessada inspecionar o código do contrato. 
  • Todas as transações são verificadas e cada computador dentro da rede (ou “nó”) armazena uma cópia de todos os contratos inteligentes existentes e o atual estado.
  • Quando um contrato inteligente recebe  fundos de uma pessoa, o código é executado por todos os computadores da rede para alcançar um consenso. 
  • Para rodar um contrato inteligente na rede Ethereum, geralmente é pago uma taxa denominada de “gás”. A taxa de “gás” é o que mantem a blockchain rodando.
  • Depois de incluídos em uma blockchain os contratos inteligentes não podem mais ser alterados, mesmo por quem o criou. Lógico que existem algumas exceções a esta regra. 

Conclusão

Espero que você tenha gostado deste conteúdo e tenha aprendido um pouco mais sobre os contratos inteligentes que fazem parte do mercado de criptoativos e que tem como tendência continuar crescendo cada vez mais. 

Se você ainda possui alguma dúvida a respeito deste conteúdo já te convido a deixar aqui embaixo nos comentários. será um prazer poder lhe ajudar a entender melhor sobre este assunto.

Você também poderá gostar de:

Deixe um comentário

Ao utilizar este formulário você concorda com o armazenamento e tratamento dos seus dados por este site.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Este site usa cookies para melhorar sua experiência de navegação. Caso você esteja de acordo com isso clique em "ACEITAR". Lembre-se que segundo as Leis RGPD e LGPD você poderá cancelar seu consentimento a qualquer momento. ACEITAR CONSULTE NOSSA POLITICA DE PRIVACIDADE